Ouça ao Vivo:
Pesquisar
Close this search box.
Ouça ao Vivo:

Após cerca de 21 anos foragido, acusado de matar mulher a facadas é julgado e condenado a 12 anos de prisão

A condenação foi em regime fechado

Após 22 anos, o acusado de matar uma mulher a facadas foi a julgamento no Fórum Olympio Borges, em Patos de Minas. Vanderly Gomes da Silva, estava foragido e foi preso no mês de março do ano passado em uma fazenda na cidade de Rio Verde (GO). O crime aconteceu no dia 07 de outubro de 2000, na rua JK, no município de São Gonçalo do Abaeté.

De acordo com os autos do Ministério Público, a vítima Elizabete Flores Pereira estava na companhia de duas amigas no passeio de uma casa conversando quando o acusado se aproximou e começou a conversar com as mesmas.

Neste instante, Vanderly sacou uma faca e desferiu cerca de 12 golpes na vítima, causando sua morte. Em seguida, o acusado fugiu e depois de mais de 22 anos, com um mandado de prisão ainda em aberto, foi localizado e preso em uma fazenda na cidade de Rio Verde (GO).

Depois ele foi transferido para o presídio Sebastião Satiro onde cumpre a pena.

Após algumas horas de julgamento, Vanderly Gomes da Silva foi condenado a 12 anos de prisão em regime fechado.

O advogado Vinicius Braga, que trabalhou na assistência de acusação, disse que o acusado ficou foragido por muitos anos e que ele veio a ser preso no ano passado. Houve a condenado de 12 anos em regime fechado por homicídio qualificado.

Advogado Vinicius Braga

A advogada Mirelle Gonzalez Maciel, que trabalhou na defesa do acusado, disse que vai recorrer na decisão. Ela falou que a defesa até entendeu que o julgamento foi bom, porque conseguiu decotar uma qualificadora e a pena ficou no mínimo legal.  

Advogada Mirelle Gonzalez
Título do slide
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.
Clique aqui
<a href="arquivo.clubenoticia.com.br" target="_blank">Veja mais em nosso arquivo!</a>