Ouça ao Vivo:
Pesquisar
Close this search box.
Ouça ao Vivo:

Interno relata suposto caso de agressão e de estupro dentro de clínica de reabilitação

A direção nega a versão do paciente e alega que ele inventou a história

A Polícia Militar atendeu uma ocorrência de um suposto estupro numa clínica de reabilitação em Patos de Minas. Um paciente de 55 anos deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e relatou que foi abusado sexualmente pelos colegas. A direção nega a versão do paciente e alega que ele inventou a história para abandonar o tratamento contra o alcoolismo.

Segundo o boletim de ocorrência, o paciente entrou em contradições ao relatar os abusos, mas citou que dois homens teriam o espancado e o obrigado a manter relações sexuais contra a vontade. O fato teria ocorrido em 18 de fevereiro de 2023. Ele acusa os funcionários da clínica de dopá-lo antes das agressões.

Na época, o paciente foi levado para atendimento na Santa Casa de Misericórdia, mas não relatou nada sobre estupro. Ele teria dito que caiu da cama. Somente agora, ao dar entrada na UPA, ele apresentou a versão do estupro.

Questionado pelos policiais, o homem disse que não se lembrava dos nomes dos supostos abusadores. A diretora da clínica negou a versão e alegou que o paciente era alcoólatra e desde que iniciou o tratamento inventa mentiras para tentar sair da clínica.

Na UPA, os profissionais ainda detectaram uma escoriação na cabeça do paciente. Os PMs registraram um boletim de ocorrência de lesão corporal. O caso poderá ser investigado pela Polícia Civil.

O paciente ficou internado para tratar uma hérnia e posteriormente será atendido pelo Centros de Atenção Psicossocial (CAPS).

Título do slide
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.
Clique aqui
<a href="arquivo.clubenoticia.com.br" target="_blank">Veja mais em nosso arquivo!</a>