Ouça ao Vivo:
Pesquisar
Close this search box.
Ouça ao Vivo:

Indígena premiado dá aula aberta sobre “Direito, Arte e Natureza”, em Patos de Minas

Ele também realizou uma atividade de contação de história voltada para crianças

Nesta quarta-feira (16/08), aconteceu, no Pátio do Museu, dois encontros com Cristino Wapichana, que é um músico, compositor, cineasta e escritor indígena premiado.

Às 8h, na Biblioteca João XXIII, Cristino falou com as crianças a “Contação de Histórias: Ceuci, a mãe do Prato”.

Aos adultos, Cristino falou sobre vários assuntos, dentre eles o “Direito, Arte, Natureza: a semeadura da literatura indígena no Brasil”, além da mãe terra, o distanciamento que as pessoas estão dessa terra, o consumismo, entre outros.

Nossa esquipe falou com Cristino, que disse:

“Há uma distância enorme entre a sociedade brasileira dos povos indígenas. Isso é fato porque eles enxergam os povos indígenas com o olhar do político, de alguns autores de cinemas, ou aquele indígena folclórico, nós continuamos na quase batalha, 1.500, 1.600”.

Os eventos tiveram a coordenação-geral de Cristino Wapichana; gestão cultural de Eliene Oliveira; produção executiva de Coletivo Peleja, Daniel Gomes e Ciro Nunes; e apoio do prof. Antônio Cláudio – UFU.

Cristino Wapichana

Nasceu em Boa Vista, Roraima, em 1971. Seu livro A Boca da Noite foi traduzido para o idioma sueco e recebeu a Estrela de Prata do Prêmio Peter Pan, do International Board on Books for Young People, da Suécia.

Título do slide
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.
Clique aqui