Ouça ao Vivo:
Ouça ao Vivo:
Previous slide
Next slide

A partir de 1º de abril, atendimento de patenses com dengue deve ser concentrado no Batalhão de Polícia Militar

A medida visa melhorar o fluxo de atendimento da UPA
Foto: reprodução/Agência Minas

Desde 2022, o número crescente de notificações e, principalmente, casos confirmados de dengue tem preocupado as autoridades municipais e até mesmo estaduais, alcançando a classificação de epidemia. Considerando essa circunstância, o prefeito de Patos de Minas, Luís Eduardo Falcão, anunciou em suas redes sociais, nesta segunda-feira (27/03), que o atendimento a pessoas com suspeita de dengue passa a ser concentrado no Batalhão de Polícia Militar a partir deste sábado, 1º de abril.

“Desafogando assim, ajudando a melhorar o fluxo de atendimento da UPA. […] Tem aí alguns meses onde a gente praticamente não teve problema com a UPA mas, infelizmente com essa epidemia, tanto a rede pública quanto privada estão congestionadas. É muita gente procurando atendimento e a gente aproveita para pedir a colaboração da população”, explica o chefe do Executivo Municipal.

A reportagem do portal Clube Notícia entrou em contato com a assessoria de comunicação da prefeitura de Patos de Minas. Assim que novas informações forem fornecidas sobre como será a dinâmica desse atendimento, elas serão acrescidas neste espaço.

O 15º Batalhão de Polícia Militar de Minas Gerais está localizado na avenida Comandante Vicente Tôrres, nº 450, no bairro Jardim Céu Azul.

Prevenção

A batalha contra o mosquito transmissor do vírus que causa essa doença é contínua e ininterrupta, sendo responsabilidade do poder público e da população. Em Patos de Minas, diversos mutirões de limpeza são organizados pelo Programa Municipal de Combate à Dengue, assim como atividades educativas e orientações acerca de ações de prevenção.

Além disso, a aplicação do fumacê tem sido realizada em diversas vias dos bairros da cidade. Uma vez que o inseticida combate apenas o mosquito adulto, outros cuidados devem ser tomados para que as larvas sequer cheguem a essa fase.

Atitudes que colaboram na prevenção:

  • Mantenha a caixa d’água bem fechada e coloque também uma tela no ladrão dela;
  • mantenha bem tampados os tonéis e barris de água;
  • lave semanalmente, por dentro, com escova e sabão, os tanques utilizados para armazenar água;
  • coloque areia dentro de todos os cacos que possam acumular água;
  • remova folhas, galhos e tudo que possa impedir a água de correr pelas calhas;
  • não deixe água acumulada sobre a laje;
  • faça sempre manutenção de fontes e piscinas, utilizando os produtos químicos adequados;
  • os vasos sanitários fora de uso ou de uso eventual devem ser tampados e verificados semanalmente;
  • bandejas de geladeira podem acumular água, por isso, atente-se;
  • encha pratinhos de plantas com areia até a borda;
  • lave bem os pratinhos com escova, água e sabão uma vez por semana;
  • troque a água dos vasos de plantas aquáticas e lave-os com escova água e sabão uma vez por semana;
  • mantenha as garrafas com a boca virada para baixo, evitando o acúmulo de água;
  • coloque o lixo em sacos plásticos e mantenha a lixeira bem fechada;
  • feche bem os sacos de lixo e deixe-os fora do alcance de animais;
  • pneus devem ser acondicionados em locais cobertos.
Título do slide
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.
Clique aqui

Uma resposta

  1. Olha a falta que o hospital São Lucas está fazendo aqui em patos de minas.e cadê o hospital municipal que não saiu ainda .

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

<a href="arquivo.clubenoticia.com.br" target="_blank">Veja mais em nosso arquivo!</a>