Ouça ao Vivo:
Pesquisar
Close this search box.
Ouça ao Vivo:

Tenente Coronel apresenta dados sobre a criminalidade em Patos de Minas durante reunião na Câmara Municipal

Houve um aumento expressivo nas autuações por embriaguez ao volante
Foto: Dênia Mota

Na tarde desta quinta-feira (20/07), o Tenente Coronel R. Santos, comandante do 15º Batalhão de Polícia Militar, compareceu à Câmara de Vereadores para apresentar os dados referentes à segurança pública no município comparando o primeiro semestre de 2022 e de 2023, compreendendo o período de janeiro a junho.

De acordo com o comandante do 15° BPM, o dado mais preocupante foi o aumento no número de homicídios consumados. De acordo com as estatísticas apresentadas, no mesmo período de 2022, o município registrou sete homicídios, enquanto em 2023 esse número subiu para nove, representando um crescimento de 28,57%.

Além disso, as tentativas de homicídio também apresentaram um salto significativo, passando de 12 ocorrências em 2022 para 16 neste primeiro semestre de 2023, uma variação de 33,33%. Já os crimes violentos – estupro, extorsão, roubo, sequestro, entre outros – os dados apontaram uma queda geral de 33,91%.

O levantamento também apontou os bairros com maior incidência criminal no município. Jardim Quebec, Nossa Senhora Aparecida, Santa Terezinha e Coração Eucarístico foram identificados como os locais com os índices mais elevados de ocorrências.

Um dado positivo foi a expressiva queda de 18,65% no número de furtos registrados durante o primeiro semestre de 2023. Segundo o Tenente Coronel R. Santos, esse resultado é fruto do trabalho ostensivo da Polícia Militar, com maior presença nas ruas e ações de prevenção.

Além dos crimes violentos e dos furtos, o comandante também abordou os dados relacionados às operações Lei Seca, que visam combater a embriaguez ao volante. Durante o primeiro semestre de 2023, houve um crescimento de 4% no número de operações realizadas. Essa fiscalização mais rigorosa resultou em um aumento significativo nos registros de crimes de embriaguez, que saltaram de 237 em 2022 para 673 no primeiro semestre de 2023, uma variação de 184%.

Fonte: Lélis Félix

Título do slide
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.
Clique aqui
<a href="arquivo.clubenoticia.com.br" target="_blank">Veja mais em nosso arquivo!</a>