Com protocolos de biossegurança, UNIPAM realiza vestibular neste domingo (22)

logo-face
logo-face
Com protocolos de biossegurança, UNIPAM realiza vestibular neste domingo (22)

O Centro Universitário de Patos de Minas (UNIPAM) realiza neste domingo (22/11) o vestibular. Em decorrência da pandemia da COVID-19, os candidatos, com exceção dos concorrentes de Medicina e de Direito, puderam optar pela prova online. Foram cerca de dois mil inscritos, sendo que a maioria escolheu presencialmente. Serão oferecidas vagas em 32 cursos de grau superior (bacharelado e licenciatura) e de grau tecnológico.

Quem faz a prova presencialmente, no campus da Rua Major Gote, se submete a protocolos de biossegurança para evitar a transmissão e a contaminação pelo novo coronavírus. O uso de máscara é obrigatório e a temperatura corporal aferida nos portões. No interior das salas, os candidatos ficam posicionados com distanciamento mínimo de um metro e meio. As mesas e as cadeiras, e demais superfícies, foram higienizadas com álcool 70%.

O acesso aos prédios se deu das 12h às 12h45min. As provas se iniciaram às 13h e seguirão até às 18h. Os candidatos respondem à questões de múltipla escolha de Língua Portuguesa/Literatura, Língua Estrangeira, Geografia, História, Matemática, Biologia, Física e Química. Além diss, redigem uma redação a partir de um tema proposto.

A valorização, peso, de cada disciplina depende do curso escolhido. Por exemplo, nas engenharias, a Matemática tem um impacto maior na nota final.

Os gabaritos e as provas serão disponibilizadas na internet a partir das 19h deste domingo (22). O resultado final será divulgado a partir das 16h de sexta-feira, 27 de novembro. As matrículas se iniciarão no dia 30/11. Todas as informações estão disponíveis em vestibular.unipam.edu.br.

Segurança das Provas Online

Os candidatos que optaram por realizar o vestibular online contarão com rígidos processos de segurança para evitar fraudes. Uma equipe do UNIPAM acompanha a realização das provas de forma remota.
 

Comentários

  • Cecilia Pires

    Comentário enviado em - 23/11/2020

    Esse é uma VESTIBULAR FURRECA, feito para beneficiar os protegidos da IES! Mais uma vergonha! FALCÃO, se tu és mesmo competente, pede o ZEMA para FEDERALIZAR essa ZONA EDUCACIONAL local! A única solução viável, pois o pobre paga e o rico se beneficia!