Estudo vai rastrear marcadores de risco para câncer de próstata em comerciantes da Ceasa

logo-face
logo-face
Estudo vai rastrear marcadores de risco para câncer de próstata em comerciantes da Ceasa

Produtores rurais que comercializam na Ceasa Regional de Patos de Minas estão incluídos em projeto para rastrear marcadores de risco para o câncer de próstata. A primeira etapa ocorreu na quinta-feira (19) e teve como objetivo sensibilizar os participantes quanto à importância da iniciativa. O estudo é da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e recebe apoio do Ministério Público do Trabalho, da Secretaria Municipal de Saúde/Vigilância em Saúde e da Secretaria Municipal de Agricultura.

A segunda etapa do projeto na Ceasa, agendada para o dia 3 de dezembro, consiste na coleta de sangue da população estudada. “Por meio da análise genética dos participantes, verificaremos se eles têm risco de desenvolver o câncer de próstata. Dentro do estudo, ligaremos essas informações a fatores de risco para trabalhar a prevenção, a fim de que não desenvolvam a doença”, explica a diretora da Vigilância em Saúde, Geize Marques. Ela acrescenta que o estudo é voltado para produtores expostos a agrotóxicos.

 

 

Comentários