Ex-prefeito Pedro Lucas informou não ter visto nada de errado no contrato com a Copasa durante seu mandato

logo-face
logo-face
Ex-prefeito Pedro Lucas informou não ter visto nada de errado no contrato com a Copasa durante seu mandato

A Comissão Parlamentar de Inquérito “CPI DA COPASA” ouviu na tarde desta quarta-feira (21) o ex-vereador e ex-prefeito de Patos de Minas, durante o mandato 2013/2016, Pedro Lucas Rodrigues, que também é um dos autores da ação popular, apontando irregularidades no contrato com a Copasa.

Pedro Lucas disse que não rescindiu o contrato durante sua gestão, porque havia um processo judicial em trâmite. E que só romperia em, três ocasiões, em caso de determinação judicial, fim do prazo contratual e acordo entre as partes. Durante a sua gestão de 2013 à 2016 não houve aplicação de multa para a COPASA.

O ex-prefeito revelou ainda que a Copasa, em 2013, tentou a renovação de contrato, oferecendo 4% de lucro ao município. A proposta foi recusada na época, porque invalidaria a ação contra a companhia na Justiça.

Comentários