Patos de Minas permanece na onda vermelha do Minas Consciente

logo-face
logo-face
Patos de Minas permanece na onda vermelha do Minas Consciente

12 macrorregiões do estado estarão na onda vermelha, enquanto as macros Triângulo do Norte e Vale do Aço permanecem na onda amarela. As únicas alterações de onda foram para as macrorregiões Norte, que regrediu da amarela para a vermelha, e Triângulo do Sul, ao deixar o Cenário Desfavorável e agora se enquadrar nas regras básicas da onda vermelha.

O Comitê Extraordinário Covid-19 definiu nesta quinta-feira (10/6) ajustes para regras da onda vermelha com Cenário Assistencial e Epidemiológico Desfavorável, categoria criada na semana passada e que estabelece restrições mais rígidas dentro dessa mesma fase do Minas Consciente. A partir desta sexta-feira (11/6), haverá permissão para academias, clubes e salões de beleza funcionarem nesta etapa do plano, além de autorização especial para bares e restaurantes no fim de semana do Dia dos Namorados, mantendo as medidas sanitárias indispensáveis de prevenção ao vírus.

Já as macrorregiões do Sul, Oeste, Leste do Sul e Centro-Sul continuam consideradas em Cenários Epidemiológico e Assistencial Desfavoráveis, o que aponta que a situação da pandemia continua crítico.

Desta forma Patos de Minas e todos os municípios da Macrorregião Noroeste, continuam na onda vermelha, porém a região não foi classificada para a nova categoria criada na última semana, assim continuando com as mesmas restrições já adotadas nas semanas anteriores.  



 

Comentários