Vereadores de Patos de Minas encaminham demandas da UPA e solicitam providências da Secretaria Municipal de Saúde

logo-face
logo-face
Vereadores de Patos de Minas encaminham demandas da UPA e solicitam providências da Secretaria Municipal de Saúde

Em visita realizada à Unidade de Pronto Atendimento – UPA III, no último dia 20 de maio, os membros da Comissão de Saúde Pública e Bem-Estar Social, vereadores Gladston Gabriel da Silva (presidente), João Batista Gonçalves – Cabo Batista, José Eustáquio de Faria Júnior e Vitor Porto Fonseca Gonçalves, acompanhados do presidente da Casa Legislativa, vereador Ezequiel Macedo Galvão, constataram várias demandas a serem resolvidas no local e encaminharam relatório nesta sexta-feira (28/5), à secretária municipal de Saúde, Ana Carolina Magalhães Caixeta. 

O documento aponta as principais situações levantadas pelos parlamentares e solicita da secretaria municipal de Saúde a resolução urgente dos problemas verificados. 

O vereador Mauri Sérgio Rodrigues – Mauri da JL, também membro da Comissão de Saúde, não pôde participar da visita, mas aprovou o relatório em conjunto com os demais membros da Comissão.

A visita consiste num trabalho parlamentar de inspeção, fiscalização e levantamento de demandas apresentadas pelos próprios profissionais que trabalham na UPA. O relatório foi encaminhado à secretária municipal de Saúde, por meio do OFÍCIO CM / GAB 143/2021, com o objetivo de apresentar os principais pontos levantados, buscando somar esforços junto ao Executivo Municipal no sentido de proporcionar mais conforto aos usuários da saúde pública.

Dentre as demandas levantadas, os parlamentares relatam a deficiência no recurso/verba disponibilizada ao CISALP para realização de cirurgias eletivas. Conforme consta no relatório, os vereadores consideram primordial a disponibilização de um serviço oftalmológico de urgência, para que até casos simples de urgência oftalmológica não sejam encaminhados para Belo Horizonte. Ainda nesse norte, o documento ressalta que um serviço de cardiologia e hemodinâmica também é fundamental no Município, para o suporte à vida dos pacientes que necessitam de atendimento de urgência, tendo em vista que a contratualização municipal faz com que os pacientes cardiológicos e hemodinâmicos sejam encaminhados para São Sebastião do Paraíso-MG, cidade que está a 405 Km de Patos de Minas.

Nesse sentido, os parlamentares sugerem ao Poder Executivo o estudo de viabilidade para o aumento de repasse do recurso para o CISALP, justificando que a ampliação da verba impactaria fortemente na redução do número de casos de internação na UPA, assim como no tempo dessas internações.

Os vereadores também apontam um número insuficiente de cadeiras/longarinas na recepção da UPA, para assento e acomodação de pacientes, inclusive, relatam pessoas de pé aguardando atendimento; danificações na estrutura física do local, como, por exemplo, na parede de dry wall do isolamento, a qual está quebrada expondo o conteúdo interno e as fiações elétricas, acarretando risco iminente de incêndio e choque elétrico; e problemas no banheiro de uso comum, sugerindo a construção de mais dois banheiros, sendo um masculino e um feminino.

Os parlamentares destacam, ainda, pintura deteriorada nas paredes das repartições internas; problemas no portão eletrônico de acesso externo das ambulâncias do SAMU/Bombeiros/UTI’s Móveis para as salas de urgências; e número insuficiente de macas para o aporte dos pacientes mais debilitados no setor de observação bem como de cadeiras de rodas para atender as demandas internas e externas.

Confira o documento na íntegra:

 

Comentários