Terceirona Mineira começa em setembro com 15 equipes

logo-face
logo-face
Terceirona Mineira começa em setembro com 15 equipes

Definidos todos os detalhes do Campeonato Mineiro da Segunda Divisão na reunião on-line da FMF com os clubes, na tarde desta terça (25). Antes do início da reunião, seis clubes entraram com pedido de não-participação: Esportiva Guaxupé, Ipatinga B, Minas Boca de Sete Lagoas, Nacional de Uberaba, Valeriodoce de Itabira e XV de Novembro de Uberlândia.

Os quinze participantes foram divididos em três grupos. Todos se enfrentam em turno e returno dentro de suas próprias chaves. Classificam-se diretamente para a segunda fase, os dois melhores colocados de cada grupo e mais os dois melhores classificados, entre os terceiros colocados, totalizando oito agremiações.

Na segunda fase começa o mata-mata, com os seguintes emparceiramentos: 1º x 8º, 2º x 7º, 3º x 6º, 4º x 5º, em jogos de ida e volta. Os vencedores seguem para a fase semifinal, que definirá os dois finalistas da temporada 2021, valendo vagas aos dois primeiros no Módulo II da próxima temporada.

O Campeonato Mineiro da Segunda Divisão, a conhecida Terceirona, terá seu início no dia 11 de setembro, com término previsto para 19 de dezembro.

No regulamento consta que cada clube poderá relacionar apenas cinco atletas acima de 23 anos, por partida. Cada agreiação poderá inscrever, no máximo, 30 atletas. Os atletas amadores estão fora dessa lista.

Grupos da Primeira Fase

Grupo Triângulo/Alto-Paranaíba
Araguari
Araxá
Uberaba
S.E. Patrocinense
Inter de Minas

Grupo Sul de Minas
Poços de Caldas
Atlético de Três Corações
Varginha
Santarritense
Figueirense de São João del Rei

Grupo Centro
Contagem
Itaúna
Bétis de Ouro Branco
América de Teófilo Otoni
Boston City de Manhuaçu                                                      

Mamoré

Em decisão anunciada há quatro dias atrás pelo presidente Fábio Braga, o Mamoré não participará do Campeonato deste ano, alegando problemas financeiros. Nesta terça, o presidente declarou que a prioridade é saldar todos os compromissos financeiros. Juntamente com essa providência, o time esmeraldino deverá formar uma equipe de base para dar suporte à futuras competições. A diretoria estuda também ações com o objetivo de fortalecer o clube, com uma arrecadação mensal, que poderá vir de parcerias e outras negociações.

Por: Adamar Gomes - AG Esporte

Comentários