..."> ..." />

Motorista de Lagoa Formosa afirma sofrer perseguição política; ouça áudio

logo-face
logo-face
Motorista de Lagoa Formosa afirma sofrer perseguição política; ouça áudio

O problema envolvendo o transporte público estudantil para estudantes de cursos técnicos e universitários de Lagoa Formosa, ganhou mais um capítulo nos últimos dias.

Diversos estudantes da cidade reivindicam o transporte público estudantil, que faz o trajeto até Patos de Minas. Servidores da secretaria de educação teriam informado para os estudantes que faltam motoristas para realizar o transporte, e no momento não podem contratar mais servidores, pois, o município atingiu o teto máximo de contratação, a secretaria ainda teria informado que uma empresa será terceirizada para realizar o transporte, mas que ela ainda não terminou todos os trâmites e desta forma não tem data prevista para a retomada do transporte.

Porém, um depoimento de um motorista concursado na prefeitura de Lagoa Formosa, causou ainda mais revolta para a população.

O funcionário público, Valter Pereira da Silva aponta que foi afastado da linha de ônibus que faz o transporte dos universitários, por uma suposta perseguição política, por parte do atual prefeito.

Valter relata que é concursado na Prefeitura de Lagoa Formosa há mais de 16 anos e durante aproximadamente 8 anos está alocado na Secretaria de Educação.

“Eu com oito anos de prática, ele contratou motorista, para minha área, para que eu fosse para outra área, somente para me perseguir. Então é isso, a gente entrou na justiça, acreditamos na justiça e temos provas do que estamos falando.” Declarou Valter.

Segundo o motorista ver diversos estudantes da cidade prejudicados, por uma suposta perseguição a ele e outro companheiro de trabalho, motivou que ele buscasse resolver o caso por meio judicial.

Na oportunidade, Valter, também confirmou que existem ônibus que podem realizar o transporte dos estudantes para Patos de Minas, Segundo o servidor municipal, os mesmos ônibus que realizam o transporte na área rural podem ser utilizados. Uma vez que existe tempo hábil para higienização dos veículos.

O jornalismo da Rádio Clube 98, entrou em contato com o prefeito de Lagoa Formosa. Edson Machado de Andrade (Didi), relatou que na manhã desta quarta-feira (26/05) o transporte estudantil já volta com as atividades normais, porém, o prefeito alegou que apesar da grande quantidade de reivindicações a demanda é de apenas 12 alunos para o período da manhã e 38 para o período noturno.

“Não vai mudar em nada não, a gente só não tinha como contratar, porque não tinha vaga, agora que a gente organizou as vagas de empregos na prefeitura, amanhã já começa trabalhar normal”. Explicou o prefeito de Lagoa Formosa.

Didi também ressaltou que no atual momento existem ônibus e motoristas suficientes para realizar o serviço.

Sobre a transferência do motorista de função, Edson Machado de Andrade, disse que se trata de uma escala de trabalho e que o funcionário público, mencionado, está escalado para a Secretaria de Obras.

“Eu pedi ele para ir para a Secretaria de Obras, porque estávamos precisando lá, estamos na Secretaria de Obras, mas ele preferiu não ir. Eu escalo o motorista para trabalhar e ele que quer escalar, não pode ser né”. Explicou o prefeito.

Comentários