Campanha "VacinAÇÃO Solidária" arrecadará alimentos não perecíveis em Patos de Minas

logo-face
logo-face
Campanha

A Prefeitura de Patos de Minas, em parceria com o Projeto Mesa Brasil, do SESC, com o Unipam e entidades do município, lançou, nesta segunda-feira (5), o projeto "VacinAÇÃO Solidária". A campanha tem o objetivo de arrecadar alimentos não perecíveis para distribuição pelo Banco de Alimentos.

A ideia é que cada pessoa que se dirigir ao ponto de vacinação montado no Parque de Exposições leve alimentos não perecíveis para doação, como milho, macarrão, feijão, arroz, café, fubá, açúcar, leite em pó, óleo, etc. A prefeitura e o Unipam farão o recolhimento diário dos produtos arrecadados, levando-os ao Banco de Alimentos para devida higienização e montagem de kits. Não serão distribuídas cestas básicas, pois não há como prever a quantidade arrecadada de cada alimento.

A entrega dos kits seguirá o seguinte critério: uma parte deles será destinada ao Banco de Alimentos para atender as famílias que passam por necessidades devido à pandemia da Covid-19. Já as famílias que apresentarem necessidade de ajuda no ato da vacinação ou em outro momento serão direcionadas ao CRAS de referência. Também serão destinados kits para as entidades de Patos de Minas.

Atualmente, são atendidas em média cinco mil famílias no município, divididas entre 23 instituições assistenciais. Dessa forma, será possível distribuir os alimentos de forma a atender o maior número possível de famílias.

Transparência - O programa Mesa Brasil emitirá, semanalmente, um recibo de toda a doação feita pela população para a prefeitura para que todos tenham conhecimento da quantidade recebida e distribuída às famílias e entidades.

Comentários