Escola do Legislativo lança cartilha com orientações ao enfrentamento da violência doméstica e familiar contra a mulher

logo-face
logo-face
Escola do Legislativo lança cartilha com orientações ao enfrentamento da violência doméstica e familiar contra a mulher

Como parte da programação comemorativa do mês da mulher, a Escola do Legislativo da Câmara Municipal de Patos de Minas lança digitalmente a cartilha de prevenção e enfrentamento da violência contra a mulher. Com o título: “Enfrentando à violência doméstica e familiar contra a mulher”, a publicação permite orientações importantes para o combate à violência doméstica e familiar, que tem aumentado no período da pandemia do novo coronavírus.

A cartilha também foi criada na intenção de estabelecer um elo de orientação entre os órgãos e a troca de informações necessárias para as mulheres enfrentarem os mais variados tipos de violência. Nesse sentido, o coordenador da Escola do Legislativo, Guilherme Moura, afirma que, além de celebrar o lançamento dessa cartilha, faz-se necessário reafirmar que essa condição da violência dos direitos fundamentais da mulher, bem como da violência física, precisa cessar. “É um momento em que muito de toda nossa produção precisa se transformar em política pública e se tornar instrumento jurídico. Por isso, o empenho é para consolidar nosso compromisso com a justiça, liberdade, igualdade e com a promoção dos direitos da mulher”, conclui Guilherme.

O material foi elaborado a partir da contribuição de diversos órgãos da rede de proteção à mulher. A publicação traz conteúdos sobre legislação, teoria, criminologia e boas práticas para o enfrentamento e o combate à violência doméstica. É direcionada, sobretudo, aos profissionais que trabalham na linha de frente do atendimento às mulheres em situação de violência doméstica como policiais civis e militares, psicólogos, assistentes sociais, profissionais da área de saúde e a população em geral que se sensibiliza pela causa.

A cartilha está disponível no site institucional camarapatos.mg.gov.br.

Março é o mês que chamamos a atenção para o tema, mas ações de combate à violência contra a mulher devem acontecer durante todo o ano. Hoje, mais do que nunca, as vítimas de violência precisam ser acolhidas sem julgamentos e com amor.

Ascom Câmara Municipal de Patos de Minas

Comentários