Dois bares foram fechados na noite desta sexta-feira em Patos de Minas após descumprirem protocolo da Covid-19

logo-face
logo-face
Dois bares foram fechados na noite desta sexta-feira em Patos de Minas após descumprirem protocolo da Covid-19

Fiscais da Prefeitura de Patos de Minas, com apoio da Polícia Militar, encerraram atividades em dois bares na noite dessa sexta-feira (22). Um deles, situado na Avenida Marabá, foi multado em 100 UFPMs e interditado por 15 dias por ser reincidente. Ambos descumpriam medidas de segurança para minimizar a disseminação do coronavírus, por exemplo clientes aglomerados e de pé. Ao todo, sete estabelecimentos foram inspecionados. 

O município elaborou protocolo para orientar o funcionamento de bares e restaurantes durante a pandemia de Covid-19. No início da semana, o prefeito Luís Eduardo Falcão Ferreira e membros do Comitê Municipal de Enfrentamento ao Coronavírus reuniram-se com cerca de dez proprietários de estabelecimentos do setor, aqueles que já vinham sendo notificados, e reforçou a necessidade de colaboração no cumprimento das medidas preventivas.

Nós últimos dias, Patos de Minas tem apresentado ocupação de leitos Covid-19 acima de 60%, tanto clínicos quanto UTIs. O número de casos confirmados superou cinco mil, cenário que preocupa as autoridades em saúde e exige cuidado e consciência redobrados da população.

A força-tarefa de fiscalização seguirá os trabalhos neste sábado. Ontem, o grupo de trabalho contou com cinco fiscais, além da coordenadora da Vigilância Sanitária e a diretora da Vigilância em Saúde.

A prfeitura de Patos de Minas, conta com um canal para denúncias: patosconectado.com.br

Fonte: Ascom Prefeitura de Patos de Minas

Comentários

  • Heitor

    Comentário enviado em - 23/01/2021

    Esse bar na Av. Maraba incomoda demais 15 dias de sossego graças a Deus! Mas depois tudo volta ao normal malaiada incomodando...

  • Na Real

    Comentário enviado em - 24/01/2021

    Engraçado, no período da eleição esta não era a postura do então candidato! Agora estas medidas já foram tomadas e não deram resultados. E além do mais, tanto o vagabundo do governador, mais este incompetente ( outro Quadrupede, saiu um entrou outro), diminuíram os números de leitos disponíveis para o tratamento do "Covid-19"! Mas como o brasileiro não sabem votar, e sempre elegem candidatos errados, tem ficar 4 anos engolindo sapo! Nós "Brasileiros", precisamos implementar no código eleitoral, o recall como é feito nos "Estados Unidos da América", politico sem competência não fica no cargo!