Sem desfile, festa e bolo, Patos de Minas comemora 128 anos de cidade com ato cívico simples na prefeitura

logo-face
logo-face
Sem desfile, festa e bolo, Patos de Minas comemora 128 anos de cidade com ato cívico simples na prefeitura

Com um aniversário atípico devido a pandemia da covid-19, Patos de Minas comemorou 128 anos de cidade, buscando superar esse momento difícil da história. Mas nem por isso, a Capital Nacional do Milho deixou de comemorar essa data importante. Foram dois momentos distintos, primeiro com apresentação breve devido a chuva que caiu na manhã de domingo, da banda da 10º RPM em frente ao antigo fórum, e depois um simples ato cívico na sede da prefeitura de Patos de Minas.

Ainda internado em um hospital particular e se recuperando da dengue, o evento não contou com a presença do prefeito José Eustáquio, que foi representado pelo vice Paulo Mota. “Sabemos que não podemos ter desfile, festa e outros eventos comemorativos devido ao coronavírus, mas quem aqui vive sabe da grandeza dessa terra e da importância do 24 de maio para a história da cidade”, disse.   

Representando a Câmara Municipal, o vereador Braz Paulo ressaltou a importância de se comemorar mesmo de maneira simples o aniversário da cidade de Patos de Minas. O ato ainda contou com a participação de secretários municipais e alguns servidores onde foram tomadas medidas protetivas como o uso de mascaras e distribuição de álcool em gel no evento. A banda de música da Policia Militar deu o tom da comemoração com execução dos hinos nacional e de Patos de Minas, além do tradicional “Parabéns a você’”.

Fotos: Edvar Santos

Comentários