Moça, sorria, pois tu és linda de qualquer jeito!

12/09/2017 10:04:36

Filippe Oliveira


Moça, não importa se você usa um vestidinho colado e um batom  mara ou usa uma blusinha de terça-feira no corpo toda desajeitada. Não importa se você chega arrasando na balada com aquela make deslumbrante ou se ainda dorme de pantufas. Você é linda pela naturalidade própria. Você é linda quando acorda bocejando e com o cabelo todo bagunçado. Você é linda quando toma café e traz para dentro de si o aroma sorrindo apenas com o canto da boca. Você é linda quando sente saudades.

 Moça, você é linda quando olha para o infinito e abraça alguém. Você é linda comendo batata-frita. Você é linda quando está descalça, até mesmo quando fica de pijama o dia todo. Você é linda pelas atitudes que tem. Você é linda por ser insubstituível. Você é linda quando o boy não lhe dá a mínima. Você é linda quando chega atrasada na festa. Você é linda quando está com vergonha e colore as bochechas de rosa. Você é linda quando alguém te faz raiva ou mancha seu rosto de lágrimas. Você é linda quando grita internamente pedindo mais carinho. Você é linda quando beija como se cada beijo fosse o primeiro. Você é linda porque sabe pedir desculpas. Você é linda quando faz biquinho e pose na selfie.

Moça, você é linda quando mexe esse teu cabelo cor de mel. Você é linda quando está na roda de amigas falando bobagem. Você é linda quando está com o fone escutando músicas pra esquecer aquela puta fase. Você é linda quando está com medo. Você é linda quando mostra a língua e faz careta. Você é linda, não só porque anda, mas sim porque flutua e desfila. Você é linda quando está dormindo e sonha. Você é linda quando levanta no meio da madrugada assustada. Você é linda quando sente frio e deseja ter um cobertor de orelha do lado. Você é linda na fila do mercado. Você é linda quando dança e bebe algumas a mais. Você é linda quando rebola na rua, quando chama a atenção no transito, não porque te olham com inveja, mas sim porque para chegar aos seus pés e passar por onde você já caminhou e cair onde você caiu, vai demorar muito. Você é linda fazendo compras, limpando a casa, estando de short ou calça e camiseta larga. Você é linda quando se molha toda na chuva, quando anda descalço ou quando prepara algo no fogão, nem que seja um mexidão.

Moça, você é linda ruiva, morena, mulata, branca ou morena. Você é linda porque tem um coração gigante, mole feito água. Você é linda porque por fora parece um furacão de raiva, mas por dentro é um amor de pessoa. Você é linda porque tem opinião formada. Você é linda quando bate o pé e é durona. Você é linda até quando fica cafona e mandona. Você é linda quando dizem: Vamos? Vamos! Quem não gostar de você assim, não se preocupe, porque mal sabe e nem mesmo imagina o mulherão da porra que você é. Por isso, já disse e repito: Sorria, pois tu és linda de qualquer jeito.

 



Da cidade de Arapuá, filho único, mimado de carteirinha, futuro letrólogo, apaixonado pelo Cruzeiro, cristão, leonino, ambicioso por pessoas do bem. Aspirante a escritor, metido a poeta, amigo das palavras. Sonha algum dia em ser um escritor renomado. Ama escrever sobre o amor. Se pudesse seria a todo instante. Discreto, do tipo sério, mas sempre com uma observação aguçada e uma mente turbulenta de ideias e conselhos para quem estiver disposto a ouvir. Fala o que o coração sente, não só o que sai pela boca. Acredita que de um baque que teve no amor fez crescer e florescer em si um desejo lindo, louco e insano de escrever gostosamente todos os dias. Transbordar corações alheios com belas palavras é uma das suas maiores virtudes.