Música ao vivo liberada: prefeitura determina prazo para bares cumprirem exigências do código de posturas

13/09/2017 07:20:55

Redação Clube Notícia

Em reunião realizada com o prefeito José Eustáquio esta semana, proprietários de bares e restaurantes de Patos de Minas conseguiram colocar fim em uma questão polêmica: a música ao vivo nos bares. Em entrevista exclusiva ao portal Clube Notícia, o presidente do Sindicato dos Hotéis, Restaurantes e Bares de Patos, Breno Palhares, deu detalhes do encontro e afirmou que o “bom senso prevaleceu”. “Houve um problema e ele foi generalizado e todos nós sabemos que a música ao vivo ambiente é diferente, mas houve entendimento por parte da prefeitura, houve bom senso e todos terão prazo para se adequarem ao que é pedido”, disse Breno. 

A polêmica surgiu após o proprietário de uma boate solicitar a fiscalização em bares e restaurantes da cidade. Entretanto, até mesmo os estabelecimentos que recebiam música ao vivo acústica foram prejudicados. A determinação também gerou polêmica entre os músicos patenses, que inclusive articulam a criação de uma associação para defesa dos direitos da categoria.

Ainda de acordo com o presidente do Sindicato, a reunião com o prefeito foi proveitosa e a situação tende a ser resolvida. “O prefeito nos ouviu com atenção e nós esperamos que a lei seja cumprida, mas com responsabilidade”, afirmou.

Comentários