Rio Paranaíba pede socorro

12/09/2017 16:36:54

redação clube noticia

Que ele é um dos rios mais importantes do país todo mundo sabe; que abastece cidades inteiras na região e em outros estados também. Mas o Rio Paranaíba hoje não é mais o de antes e pede socorro. Matas ciliares praticamente inexistentes, degradação, lixo, esgoto sendo despejado in natura sem tratamento, poluição e, sobretudo, pouca água. Tudo isso aliado ao período seco do ano, onde normalmente o rio tem menos água.

A situação é critica e o Paranaíba está há cerca de 2 metros abaixo do que seria normal para esta época do ano. A situação foi constada na descida feita por ambientalistas, Polícia Florestal, Corpo de Bombeiros e vereadores de Patos de Minas, que verificaram as condições do rio. A barqueata com 4 barcos saiu dos fundos do bairro Jardim Paulistano descendo o rio ate a conhecida Ponte do Bigode comprovando o que todos já sabem, o rio Paranaíba pede socorro.

O objetivo foi verificar a situação do rio. “É impressionante o descaso com o nosso rio. O esgoto é despejado nele sem tratamento pela concessionaria que deveria tratá-lo e não faz todo tipo de lixo também é jogado aqui, agua sendo tirada para irrigação, e o Paranaíba nessa situação degradante”, afirma o ambientalista Wilson José da Silva que acompanhou a barqueata.

Um grupo de vereadores também acompanhou a descida no rio. “A água é nosso bem mais precioso, precisamos conhecer a realidade para tomarmos atitude e preservar não somente o Paranaíba, mas também outros mananciais de agua do município”, diz a vereadora Dalva Mota. Galhos de árvores, pneus, garrafas pet, animais mortos e todo tipo de lixo foi encontrado no leito do rio e, sobretudo, o volume reduzido de água que nos faz refletir e buscar soluções para preservar o Rio Paranaíba.

Comentários

  • Hromeu

    Comentário enviado em - 12/09/2017

    Vamos começar pela copasa, queria ver um vereador do saco roxo, fazer um levantamento de quanto a copasa já arrecadou com essa tarifa de esgoto, e ir até ao ministério público, Srs vereadores, tomem umaa titude, pelo amor de deus.